Voltar para Miembros

Associação

Os membros da FEISAL podem ser todas as escolas de ensino de cinema e artes audiovisuais nos países ibero-americanos, de nível superior ou superior, reconhecidos em seus próprios países.
Também pode ser integrado por centros de estudo que, sem a natureza formal de uma escola, estão ligados a departamentos de comunicação ou artes audiovisuais, dependentes de universidades nacionais, provinciais, municipais, privadas ou oficinas ou workshops ou grupos de estudo e trabalho dedicados a ensino audiovisual e deve certificar esse personagem de maneira confiável.
Categorias Associadas: Membros: ATIVOS, ADERENTES e HONORÁRIOS.

Eles são membros ATIVOS, as escolas ou entidades dedicadas ao ensino de meios audiovisuais em qualquer uma de suas formas totais ou parciais e reconhecidas como tal pela autoridade competente de seus respectivos países, e devem atender às seguintes condições:
- Ser apresentado por dois membros com direito a voto, cuja permanência nessa capacidade seja superior a seis meses consecutivos.
- Envie a solicitação ao Conselho de Administração da Federação, através de uma pessoa legalmente autorizada, acompanhando a documentação necessária,
- Ser aceito como membro pelo Conselho de Administração, pelo voto de dois terços dos membros presentes.

Os membros ATIVOS terá o direito de:
- Participar com voz e voto nas Assembléias
- Eleger e ser eleito para os órgãos sociais da FEISAL
- Propor ao Comissão Diretiva a incorporação de novas associadas
- Propor ao Comissão Diretiva e às Assembléias a execução de ações concretas destinadas a alcançar os objetivos comuns.
- Aproveite os benefícios que a entidade concede a seus associados, de acordo com os Estatutos, Regulamentos, Resoluções do Comissão Diretiva e Resoluções da Assembléia.

Membros ADERENTES, são as entidades ou instituições cujos objetivos estão relacionados ao objetivo principal do F.E.I.S.A.L., bem como as empresas ou instituições públicas ou privadas que colaboram com as funções do F.E.I.S.A.L. e são eleitos pela Assembléia Geral por proposta do Comissão Diretiva ou 30% dos membros ATIVOS.
Eles podem participar das Assembléias, mas não têm voto, nem podem integrar os órgãos de governo da Federação.
Os membros aderentes são todas as escolas ou entidades com menos de três anos de existência ao se inscrever.
Eles podem se inscrever como membros ATIVOS quando cumprirem os requisitos e forem aceitos.

Eles são membros HONORÁRIOS aquelas pessoas ligadas ao exercício de tarefas educacionais ou educadores ou personalidades da cultura, arte ou mídia audiovisual, que, por sua atuação, receberam o reconhecimento da F.E.I.S.A.L., sejam membros ou não.
Eles são nomeados pela Assembléia Geral por proposta do Comissão Diretiva ou 30% dos membros ATIVOS.
Eles não têm voto e não podem ser membros do Comissão Diretiva.
- Eles podem propor a incorporação de novos associados.

Processo
1.- A instituição educacional que deseja ser membro da FEISAL, envia a solicitação ao Comissão Diretiva da Federação, através de uma pessoa legalmente autorizada, acompanhando a documentação necessária. Em sua aplicação, a instituição educacional solicitante deve indicar seu desejo de ser incluída na FEISAL como membro aderente ou ativo.
Documentação::
a.- 2 (duas) notas de apresentação das escolas membros da FEISAL.
b.- Documentação que comprove a existência legal da instituição e sua linha de dependência ou pertencente a outras instituições estatais ou privadas. (Contrato social ou norma legal).
c.- Informações sobre suas atividades, desenho curricular, programas de ensino, infraestrutura e equipamentos
d.- Autoridades e equipe de professores.
e.- Todas as outras informações que considere relevantes para a avaliação da instituição.

As informações são enviadas em cópia eletrônica à vice-presidência do Conselho de Administração pelo menos 60 dias antes da data da próxima reunião do Comissão Diretiva.
Se a Comissão Diretiva considerar necessário, solicitará outra documentação complementar da instituição para sua avaliação.

2.- A Comissão Diretiva, em sua próxima reunião, considera o relatório apresentado por seu Vice-Presidente e determina a aceitação da instituição como membro, pelo voto de dois terços dos membros presentes. Esta resolução é comunicada à parte interessada.

3.- A Assembléia Geral, em sua próxima reunião, ratifica a condição de parceiro da instituição solicitante. Nesse caso, a instituição desfrutará dos benefícios e terá as obrigações correspondentes aos parceiros, estabelecidas nos estatutos e regulamentos da FEISAL.

Contato info@feisal.org